Como será seu parto?

Então agora você descobriu que vai ser pai, vai ter um filho ou filha? Então prepare-se para algumas perguntas que TODOS vão te fazer! (Na verdade fazem essas perguntas muito mais para as mulheres, é claro!!!)

A ordem pode variar um pouco, mas elas são:

– Ah, está com quantos meses?

– É menino ou menina?

– Vai ser parto normal ou cesareana? (Principalmente na versão: você vai fazer normal ou cesárea?)

E é sobre isso que gostaria de falar. Como médico, já no primeiro período da faculdade, tive aulas com uma professora muito louca e muito polêmica, mas trouxe o benefício de mostrar alguns vídeos sobre parto humanizado e aquilo ficou guardado.
Um tempo depois vi que a prática da maioria dos obstetras era bastante diferente, o que é intensificado pela cultura que impera no Brasil.

As estatísticas mostram que no Brasil 44% dos partos são cesareanas (1), quando a organização mundial de saúde preconiza 15%.

Vários mitos reforçam a prática da cesareana, não vou falar nesse post, pois vou preferir focar nas vantagens do parto normal, espero que gostem e compartilhem a sua opinião.

Bem, a grande verdade é que o parto normal é o mais saudável tanto para a mulher quanto para o bebê.

– O parto normal estimula mais o útero, que após a expulsão do bebê, se contrairá mais, diminuindo o sangramento.

– O processo do trabalho de parto estimula a liberação de hormônios na mulher que promove a descida mais rápida do leite e um maior estímulo à lactação.

– Durante o trabalho de parto, o bebê também é mais estimulado, com isso, ao nascimento terá mais vigor e disposição. Assim muitos já conseguem realizar a primeira mamada logo ao nascimento.

– A recuperação da mãe e da criança será muito mais rápida, podendo ser liberados rapidamente do hospital e hoje sabemos que quanto mais tempo passamos dentro do hospital maiores as chances de se contrair certas infecções.

Tá bom, existem outras vantagens e à medida que eu for lembrando vou colocando aqui.

Outra questão muito importante, é todo o medo que cerca o parto normal, sobre a questão de dor, de sofrimento e tudo mais, abaixo, coloco um video de um parto humanizado, nesse caso, foi um parto domiciliar, mas lembre-se que você pode ter tudo isso em um ambiente hospitalar, com toda a assistência necessária.

Independente do que você deseja, se informe, saiba tudo o que envolve o parto, seja ele cesareano ou normal. Entenda bem e não se deixe enganar por alguns mitos. Decida o que for melhor para você, mãe, e para o seu bebê. Escute o que o seu obstetra tem a dizer, mas saiba dialogar e dizer a ele suas preferências. Um bom profissional saberá te escutar e te orientar. Procure um curso de preparação para o parto. muitos planos de saúde, hospitais e associações médicas oferecem esses tipos de curso, eles podem te auxiliar bastante. Eu e a Flávia fizemos o Curso de Preparação para o Parto do Núcleo Bem Nascer, na AMMG.

Por hora minha esposa (e eu) desejamos o parto normal, tudo está caminhando para que seja assim, mas vamos ver se nossa filhona vai concordar com isso quando chegar o momento.

A propósito gostaria que deixassem aqui suas opiniões, o que já escutaram a esse respeito, temos muito o que completar nesse post.

Grande abraço.

Alexandre.

 

Fontes:
1.Assistência à Gestação e ao Parto (PNDS 2006)

Marcado , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Tenho certeza que tem algo mais a dizer, deixe aqui sua resposta: