Como será seu parto?

Então agora você descobriu que vai ser pai, vai ter um filho ou filha? Então prepare-se para algumas perguntas que TODOS vão te fazer! (Na verdade fazem essas perguntas muito mais para as mulheres, é claro!!!)

A ordem pode variar um pouco, mas elas são:

– Ah, está com quantos meses?

– É menino ou menina?

– Vai ser parto normal ou cesareana? (Principalmente na versão: você vai fazer normal ou cesárea?)

E é sobre isso que gostaria de falar. Como médico, já no primeiro período da faculdade, tive aulas com uma professora muito louca e muito polêmica, mas trouxe o benefício de mostrar alguns vídeos sobre parto humanizado e aquilo ficou guardado.
Um tempo depois vi que a prática da maioria dos obstetras era bastante diferente, o que é intensificado pela cultura que impera no Brasil.

As estatísticas mostram que no Brasil 44% dos partos são cesareanas (1), quando a organização mundial de saúde preconiza 15%.

Vários mitos reforçam a prática da cesareana, não vou falar nesse post, pois vou preferir focar nas vantagens do parto normal, espero que gostem e compartilhem a sua opinião.

Bem, a grande verdade é que o parto normal é o mais saudável tanto para a mulher quanto para o bebê.

– O parto normal estimula mais o útero, que após a expulsão do bebê, se contrairá mais, diminuindo o sangramento.

– O processo do trabalho de parto estimula a liberação de hormônios na mulher que promove a descida mais rápida do leite e um maior estímulo à lactação.

– Durante o trabalho de parto, o bebê também é mais estimulado, com isso, ao nascimento terá mais vigor e disposição. Assim muitos já conseguem realizar a primeira mamada logo ao nascimento.

– A recuperação da mãe e da criança será muito mais rápida, podendo ser liberados rapidamente do hospital e hoje sabemos que quanto mais tempo passamos dentro do hospital maiores as chances de se contrair certas infecções.

Tá bom, existem outras vantagens e à medida que eu for lembrando vou colocando aqui.

Outra questão muito importante, é todo o medo que cerca o parto normal, sobre a questão de dor, de sofrimento e tudo mais, abaixo, coloco um video de um parto humanizado, nesse caso, foi um parto domiciliar, mas lembre-se que você pode ter tudo isso em um ambiente hospitalar, com toda a assistência necessária.

Independente do que você deseja, se informe, saiba tudo o que envolve o parto, seja ele cesareano ou normal. Entenda bem e não se deixe enganar por alguns mitos. Decida o que for melhor para você, mãe, e para o seu bebê. Escute o que o seu obstetra tem a dizer, mas saiba dialogar e dizer a ele suas preferências. Um bom profissional saberá te escutar e te orientar. Procure um curso de preparação para o parto. muitos planos de saúde, hospitais e associações médicas oferecem esses tipos de curso, eles podem te auxiliar bastante. Eu e a Flávia fizemos o Curso de Preparação para o Parto do Núcleo Bem Nascer, na AMMG.

Por hora minha esposa (e eu) desejamos o parto normal, tudo está caminhando para que seja assim, mas vamos ver se nossa filhona vai concordar com isso quando chegar o momento.

A propósito gostaria que deixassem aqui suas opiniões, o que já escutaram a esse respeito, temos muito o que completar nesse post.

Grande abraço.

Alexandre.

 

Fontes:
1.Assistência à Gestação e ao Parto (PNDS 2006)

Não basta ser pai, tem que participar!

Primeiro vou deixar minha opinião dia dos pais é puramente uma data comercial, mas serve com uma boa desculpa para colocar um pouco dos nosso sentimentos para fora.

Então queria deixar também uma pequena mensagem a todos os pais.

Felizmente, foi-se o tempo em que ser pai era apenas trabalhar e prover a casa. Chegar mandar o filho pegar um café e a mulher preparar o jantar. Hoje pai trabalha fora e dentro de casa, troca fralda, dá mamadeira, leva os filhos ao médico e tudo mais.

A propaganda do Gelol, há anos atrás dizia: “Não basta ser pai, tem que participar!”

É dessa opinião que eu compartilho, então meu desejo para o dia dos pais é este, que a energia nunca falte para continuar trabalhando e tendo um vida confortável, mas que o carinho nunca falte também, para que nossos filhos possam saber que a todo momento eles terão onde se apoiarem. Terão um ombro amigo nas dificuldades e um sorriso companheiro nas vicissitudes.

O meu desejo, para todos os pais “nesse dia especial” que é o dia dos pais é este: Sejam Pais! De verdade!!! (E que eu também consiga, é claro!)

… mas me conte aí, ser pai para vocês, o quê é? Todos vamos gostar de saber o que pensam!

 

Vou Ser Pai

Esse é o post inaugural desse blog, o texto que se se segue foi feito há aproximadamente 30 semanas atrás, quando descobri que finalmente seria pai, é um desejo e vontade de longo tempo. As circunstâncias me fizeram adiar esse início, mas acho que agora seria um bom momento. Espero que gostem do texto e espero que gostem do blog à medida que for se formando.

Aproveitem curtam nossa página no facebook:, assim receberão novos textos assim que forem saíndo.

Vou ser pai!

Hoje recebi a noticia de que vou ser pai. Confesso que a ficha ainda não caiu e eu ainda nem sei o que sentir, só sei que já chorei um bocado.

A noticia veio como eu esperei que fosse, de surpresa. A Flavinha chegou em meu consultório e falou que tinha que me mostrar um exame. Minha vontade era a de pular, antes mesmo de abrí-lo, mas me contive. Tinha que ter certeza que era isso mesmo. Quando vi o exame, olhei para ela, nossos olhos já encharcados em lágrimas, a peguei e abracei. Eu realmente não sabia como me portar e nem o que dizer, isso é realmente um sonho que está se realizando e eu só espero poder ser um pai digno, sermos bons pais como os que temos.

Filho (ou filha)
Ainda nem sei se será menino ou menina.
Ainda não sei a cor dos seus olhos, nem como será seu cabelo.
Ainda não sei se terá pernas tortas como seu pai ou uns dedos do pé mais curtos como a mamãe. Não sei se terá cabelo loiro, castanho ou preto.
Na verdade ainda não sei de nada e, pouco importa.

Talvez eu possa dizer que sei que nesse momento é um pouco mais que um aglomerado de células. Todas muito vivas e rápidas a se multiplicarem.
Talvez possa dizer que tentarei ser um bom pai e que farei o possível para sua vida ser boa e relativamente tranqüila.

Entretanto filha (ou filho), uma coisa é certa: nós já te amamos.
Acredito que já te amávamos antes mesmo de ser concebido. Em nossos corações já existia, já te esperávamos.

Tenho que te dizer uma coisa: aqui fora esta foda. Alguns até dizem que não vale a pena engravidar. Eu discordo, você vem na hora certa, hora que Deus mandou.

Mas te digo, sua vida não será fácil. Não por culpa nossa, mas a vida é assim mesmo. Ela nos dá uns tombos de vez em quando, que é para fortalecer nossas pernas.

Entenda, o quanto antes possível, que é com o atrito que se transforma o cristal bruto em uma jóia. É por isso que receberá alguns nãos. O não é uma dádiva que poucos recebem hoje. É um sinal de alerta, uma pequena pausa para que o próximo passo seja mais bem decidido, mais bem pensado e por isso, mais preciso.

Por sorte nem só de nãos é que vivemos. O primeiro sim já recebeu, um sim para a vida. Outro vc já tem, é o sim do nosso amor, os outros serão conquistados por você, para que possa sentir essa liberdade da escolha.

Já te aguardamos, já te amávamos, o ninho está pronto, já pode pousar.

Alexandre (06/01/2012)

 

E aí, o que acharam? Deixem aqui sua opinião. Com certeza ela será muito util.

Compartilhem o post.